EnglishPortugueseSpanish

Superando a Exaustão Emocional

5sd4ff0s5df0g4s5dg
Os dias podem ser cada vez mais cansativos por conta da rotina, problemas no trabalho, casa, estudos, relacionamentos, mudança de hábitos devido a Pandemia e por aí vai.

O esgotamento psicológico não acontece da noite para o dia, por isso, precisamos prestar atenção em alguns sinais.

Os dias podem ser cada vez mais cansativos por conta da rotina, problemas no trabalho, casa, estudos, relacionamentos, mudança de hábitos devido a Pandemia e por aí vai.

Com isso, nossos momentos de descanso mental estão sendo bem menos aproveitados do que deveria.

Quando vestimos uma armadura por muito tempo, buscando ser forte 24 horas por dia, corremos o risco de sofrer uma exaustão emocional, que é a sobrecarga de esforço. 

Esse processo acontece lentamente, então, é importante ter atenção nos sintomas e causas dessa condição que afeta não só a nossa saúde física e psicológica, como também nossos relacionamentos amorosos, conquistas profissionais e o bom desenvolvimento nos estudos.

Causas da Exaustão Emocional
O esgotamento emocional pode ser originado pela falta de reciprocidade, o equilíbrio entre dar e receber, além do excesso de suas preocupações diárias.

Em geral, são pessoas que dão muito de si pelos outros e não são correspondidas da mesma maneira.

E isso acontece em várias relações, seja no âmbito profissional, familiar ou pessoal.

Quem se encontra com exaustão emocional geralmente não cuida de si próprio e sente uma necessidade interna de buscar reconhecimento, consideração e afeto por parte de todos.

De repente, ela é vista como uma pessoa forte, que aguenta tudo. Mas, por dentro a realidade é outra.

As causas que podem levar a exaustão emocional, são:

  • Falta de amor-próprio;
  • Baixa auto estima;
  • Falta de autoconhecimento;
  • Dificuldade em lidar com as próprias emoções;
  • Estresse contínuo;
  • Sobrecarga no trabalho ou estudos;
  • Conflitos internos.

Sintomas
Como o esgotamento psicológico não acontece da noite para o dia, é preciso prestar atenção em alguns sinais que o nosso corpo e mente transmitem.

Perceba se há a presença desses sintomas:

  • Falta de motivação;
  • Sensação de cansaço frequente;
  • Insônia;
  • Apesar de dormir, acorda cansado;
  • Dificuldades de concentração;
  • Ansiedade e angústia;
  • Vontade de chorar sem motivo aparente;
  • Perda do rendimento no trabalho e estudos;
  • Isolamento;
  • Dor de cabeça, pescoço e costas;
  • Presença frequente de pensamentos negativos;
  • Irritabilidade;
  • Distanciamento afetivo;
  • Falhas de memória;
  • Distanciamento afetivo.

Superando a Exaustão Emocional
Quando não cuidamos das nossas emoções, as pressões psicológicas acabam refletindo em nosso corpo, gerando dores e doenças físicas e psicoemocionais.

Para superar a exaustão emocional precisamos separar um tempo para relaxar e ficar calmo. Um tempo para deixar de pensar nas tarefas diárias, preocupações e responsabilidades.

Por exemplo, tem gente que não tira férias do trabalho a anos. Que emenda uma graduação na outra…

Ter um período para aproveitar nossa solitude é essencial para adquirirmos autoconhecimento (saber as coisas que gostamos, não gostamos, nossos sonhos etc.).

VEJA MAIS: “ENTENDA A DIFERENÇA ENTRE SOLIDÃO E SOLITUDE”

Também é muito importante adquirir novos hábitos diários e deixar de lado a obsessão pela perfeição!

Aceite seus erros e aprenda com eles. Diga não quando quiser dizer “não!”. Faça as coisas que você gosta sem a presença de ninguém.

Se reconecte com você mesmo, com a sua essência.

É possível fazer tudo isso gradualmente, mas você pode desenvolver todas essas características em uma experiência de forte impacto emocional.

No treinamento Desperte-se para Agir DPA, você viverá todas as sensações que existem dentro de você. Irá conhecer a si mesmo e aprender a lidar com suas principais emoções.

SAIBA MAIS.

Se preferir pode agendar sua consulta com um de nossos especialistas para ajudar você sair desta exaustão.

Você merece essa experiência!

AGENDAMENTO ONLINE

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest